Lisboa - A 4.ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), a realizar de 28 de abril a 01 de maio, na cidade da Guarda,  norte de Portugal, terá Moçambique como país convidado, foi hoje anunciado.

Segundo o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, o município volta a apostar na internacionalização da FIT e Moçambique, no continente africano, foi convidado para participar, enquanto o destaque ibérico será dado à região da Estremadura espanhola, informa a agência Lusa.

Na conferência de imprensa de apresentação do certame, Álvaro Amarao adiantou que na edição de 2017 a FIT destaca "o turismo sustentável para o desenvolvimento e a importância do Turismo de Natureza", no âmbito da estratégia do município "para os próximos anos", de que é exemplo o anunciado projeto dos "Passadiços do Mondego".

Maputo - Uma aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), companhia nacional de bandeira, sofreu danos na tarde de quinta-feira, no momento de aproximação à pista do Aeroporto de Tete, após ter partido de Maputo, capital do país.

Trata-se de um Boeing 737-700, que realizou o voo TM 136, tendo partido de Maputo às 15h35 e chegado a Tete às 17h15, com 80 passageiros a bordo e seis membros da tripulação. A aeronave sofreu danos do lado direito da parte frontal da fuselagem.

A ocorrência foi confirmada no ato de vistoria rotineira que a tripulação faz à aeronave, depois da aterragem.

Um comunicado de imprensa emitido pela companhia refere que os danos foram registados no momento em que se iniciou o processo de aproximação, já com a pista à vista para a aterragem no Aeroporto de Tete, no Centro do país.

"Nesse instante, a tripulação ouviu um estrondo, o que alertou sobre a possibilidade da aeronave ter tido contacto com um organismo externo que, mesmo assim, não perturbou a realização normal do voo até à aterragem", refere o comunicado da LAM.

Devido à ocorrência, foi feita uma reengenharia para a realocação de uma outra aeronave que transportou os passageiros de Tete para Maputo.

"Relativamente ao Boeing 737-700, decorrem acções de substituição da parte que sofreu danos, bem como procedimentos adequados para situações do género junto da entidade reguladora", acrescenta a nota.

A LAM explica no mesmo comunicado que, enquanto se procede o processo de reintegração da aeronave na operação normal, poderão ocorrer reprogramações de alguns voos da companhia.

Madri - A Organização Mundial do Turismo (OMT), agência das Nações Unidas, declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável. O principal objetivo é destacar o potencial do turismo para o desenvolvimento econômico sustentável, a geração de empregos, redução da pobreza, proteção ambiental, defesa do patrimônio cultural, entre outras estratégias.

Segundo as Nações Unidas, um em cada 11 empregos no mundo são gerados pelo turismo. Além disso, o setor responde por 7% das exportações mundiais e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) global.

Com a declaração, a OMT pretende estimular a adoção de políticas públicas para o setor e promover o avanço da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que tem o fortalecimento do turismo entre suas metas. O anúncio oficial do Ano Internacional do Turismo Sustentável será no dia 18 de janeiro, durante uma feira em Madri.