Lisboa - O turismo brasileiro em Portugal caiu de forma acentuada no final do ano passado, e o mês de dezembro foi o mais negativo, confirmando a tendência de menor procura dos destinos lusos por parte dos turistas brasileiros.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em dezembro o número de dormidas de turistas brasileiros nos hotéis portugueses ficou 20,9% abaixo do verificado em dezembro de 2014. Em novembro a queda tinha rondado os 19% e em outubro a descida em termos homólogos tinha sido de 10%.

No último mês de 2015 apenas caíram dois mercados emissores entre os 12 principais países de origem dos turistas estrangeiros: as dormidas de cidadãos suecos recuaram 1,3%; as de brasileiros baixaram os referidos 20,9%.

Contabilizando a totalidade de 2015, o ano foi um dos melhores de sempre para a faturação dos hotéis portugueses, e quase todos os grandes mercados emissores tiveram maior procura do destino Portugal. Entre esses 12 mercados emissores, o Brasil foi o único com sinal negativo: o número de dormidas de turistas brasileiros em hotéis portugueses no ano passado ficou 3,3% abaixo do verificado em 2014.

Em termos acumulados, em 2015 os países que tiveram maior crescimento nas dormidas nos hotéis portugueses foram os Estados Unidos da América (18,1%), a Itália (17,2%) e a Suíça (também 17,2%).

Segundo o INE, na hotelaria portuguesa "a evolução dos proveitos foi claramente positiva". As receitas em dezembro subiram 14,6%, para 118,7 milhões de euros. A faturação no conjunto de 2015 cresceu 13,1%, para 2,48 mil milhões de euros.

As dormidas de turistas portugueses nos hotéis nacionais em 2015 aumentaram 5,3%, enquanto as de turistas estrangeiros cresceram 7,3%. A taxa média de ocupação dos hotéis lusos no ano passado ficou em 46,1%, mais 2,1 pontos percentuais do que em 2014.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription