Maputo - A companhia aérea moçambicana LAM conta, desde sexta-feira,  com uma nova aeronave Embraer 145, de fabrico brasileiro, na sua frota.

Com este terceiro Embraer, a LAM conta agora com 14 aeronaves que realizam diariamente mais de 50 voos para 11 destinos domésticos e quatro regionais.

A aeronave foi baptizada com o nome Serule (nome do pássaro guarda-rios), numa das línguas moçambicanas. A cerimónia teve lugar no Hangar da MEX e contou com a presença do ministro moçambicano dos Transportes e Comunicações, Carlos Fortes Mesquita.

A LAM detém em 100 por cento o capital da MEX –Moçambique Expresso, que já tem 20 anos de atividade ininterrupta, assinalados no dia 1 deste mês, operando nas rotas domésticas.

A aeronave foi adquirida em regime de leasing, tal como as outras duas do mesmo tipo.

O investimento para a aquisição destas três unidades ascende a cerca de US$ 18 milhões de dólares norte-americanos. AIM

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription