Luanda - Os quatro administradores executivos indicados pela companhia aérea Emirates  para integrar o novo Conselho de Administração da transportadora aérea angolana TAAG já estão em Luanda.

Em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA), o presidente do Conselho de Administração da TAAG, Joaquim Cunha, disse que os novos administradores executivos devem tomar posse em breve, ao abrigo do acordo assinado no Dubai em 2014 entre o governo angolano e a Emirates.

Os acordos que o governo assinou em 2014 começam agora a ser executados com a integração dos quatro administradores da Emirates. O quinto administrador do conselho, com funções executivas, é angolano. Outros quatro angolanos farão parte do conselho, mas sem funções executivas.

Joaquim Cunha  negou a possibilidade de despedimentos com a entrada em funções da nova direcção da companhia de bandeira nacional. "O despedimento de trabalhadores tem sido uma questão muito pertinente. A TAAG tem de facto um número elevado de trabalhadores, mas não temos uma estratégia de demissão de funcionários", afirmou em declarações à RNA.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription