Lisboa - O turismo brasileiro em Portugal interrompeu a tendência de crescimento que tinha há vários meses. Em março os hotéis portugueses tiveram 74 mil dormidas de turistas brasileiros, menos 15,6% do que no mesmo mês do ano passado, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os números do turismo brasileiro em Portugal em março foram os mais baixos do primeiro trimestre, depois de os hotéis lusos terem registado quase 111 mil dormidas de cidadãos brasileiros em janeiro e 85 mil dormidas em fevereiro.

A queda de quase 16% nas dormidas de brasileiros nos hotéis portugueses em março foi o único destaque negativo entre os principais mercados emissores de turistas estrangeiros para Portugal. Nesse mês o turismo italiano em Portugal cresceu 37%, o espanhol subiu 32% e o americano quase 21%. O Reino Unido, Alemanha, França, Holanda, Irlanda e Bélgica também geraram mais turismo em Portugal, embora com crescimentos menores.

No conjunto do primeiro trimestre, contudo, o turismo brasileiro em Portugal mantém ainda um desempenho positivo face ao primeiro trimestre do ano passado, com um crescimento de 13,1%, para 270 mil dormidas, o que posiciona o Brasil como o sexto mercado emissor de turistas estrangeiros para Portugal.

A lista de maiores mercados emissores de turistas é liderada pelo Reino Unido (que gerou mais de um milhão de dormidas nos hotéis portugueses até março), seguido de Alemanha, Espanha, Holanda, França, Brasil, Itália, Estados Unidos, Bélgica e Irlanda.

O turismo estrangeiro em Portugal no primeiro trimestre teve globalmente um crescimento de 9%, mas a procura dos hotéis por parte de cidadãos portugueses teve um aumento ainda maior, da ordem dos 17%.

Em março as receitas dos hotéis portugueses subiram 14%, para 139 milhões de euros, enquanto no total do primeiro trimestre as receitas ascenderam a 329 milhões de euros, mais 14,8% do que no mesmo período do ano passado, de acordo com o INE.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription