Aeronave da TACV que viajava na sexta-feira de Cabo Verde para os Estados Unidos da América teve de aterrar na ilha do Sal para ser prestada assistência médica ao copiloto. O voo foi retomado três horas depois.

Praia - Praia - O comandante de um avião da companhia aérea cabo-verdiana TACV, que fazia a ligação entre as cidades da Praia e de Boston, nos Estados Unidos da América (EUA), foi obrigado a aterrar de emergência sexta-feira no aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, após um mal-estar do copiloto, informou a agência Panapress.

Segundo a responsável de comunicação da TACV, Laura Mariano, o voo 690 que partiu da cidade da Praia às 12h03 locais com destino a Boston num avião Boeing 757 com 209 passageiros e sete tripulantes a bordo teve de fazer um pouso de emergência cerca de uma hora depois (13h08) no aeroporto na ilha do Sal, que reúne melhores condições do que o da capital para este tipo de situações.

Logo depois de o comandante da aeronave ter pousado sozinho o aparelho, o copiloto foi levado para o hospital da ilha do Sal, onde foi assistido por uma equipa médica.

Entretanto, os passageiros permaneceram dentro do avião, onde lhes foi servida uma refeição, enquanto se aguardava pela chegada de um novo copiloto para substituir o colega acometido de doença súbita.

O voo com destino à cidade norte-americana, que alberga a maior comunidade cabo-verdiana nos EUA, foi retomado às 16h04, horas locais.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription